O escritório F.Costa & Antonia A.
visa proporcionar soluções jurídicas preventivas e TI o qual atendam adequadamente aos interesses de seus clientes, propomos alternativas preventivas com avaliação percuciente de riscos, orientação clara ao cliente através de experiência multifuncional adquirida ao longo do tempo.

Sempre atento, nosso escritório centraliza esforços numa atuação preventiva, estruturando negócios e contratos, sob as mais variadas formas jurídicas e informacionais, com o objetivo fundamental de garantir segurança a seus parceiros, propiciando agilidade e certeza no processo decisório.

Com atendimento personalizado e acessibilidade facil, o escritório atende perfis diferenciados no que concerne a pessoas físicas e jurídicas, respeitando as peculiaridades e buscando satisfazer às expectativas diferentes de cada uma delas.
  • Cível: reparação de danos, revisional de contratos e outros
  • Empresarial: Registro de Marcas no INPI, Trabalhista
  • Família: Divorcio, Alimentos
  • Sucessões: Inventários, Alvarás
  • Consultoria preventiva com parecer jurídico
  • GED - Gestão Eletrônica de Documentos (especificamente em birô de digitalização e indexação de documentos)
  • Toda a solução em GED é voltada em propor a melhor solução para o cliente
  • Consultoria em TI (Hardware e Software)
Textos do Blog

Se essa cidade fosse nossa...e ela é!



 



Por Isabel Sousa - 28/08/2013*


 


Nestes últimos tempos , temos vivenciado um “rebuliço” político na cidade. Podemos pensar que tudo isso iniciou lá em São Paulo, mas sabemos que não foi somente “pelos 20 centavos”. Talvez tenha sido o estopim de um calor por transformação que já pulsava há muitos, e que contagiou outros tantos. 


A cidade se faz pela dinâmica e pluralidade de movimentos individuais e coletivos. O que fazemos ou deixamos de fazer nos afeta. Pagamos os impostos? Sabemos quais debates estão  ocorrendo em âmbito Parlamentar? E como anda nosso bairro?  Denunciamos violações de direito aos órgãos responsáveis? Tenho a sensação de que percebemos novamente o impacto de nossas vozes ecoando por justiça social. 


Sabe aqueles atos políticos que ouvíamos na televisão ou na rádio e alguns de nós creditamos efetividade? Sabe aquelas manifestações por melhores condições de trabalho? Por moradia digna? Por saúde de qualidade? Por Saneamento? Isso nos lembra que as lutas pela justiça, democracia sempre existiram enquanto as pessoas se reconhecem como sujeitos de sua história. Muitas pessoas passaram a compreender o potencial de ganhos sociais para a coletividade que é estar nas ruas.  Podemos pautar a forma como os meios de comunicação referem-se a exercício do direito à participação, bem como a agenda de proposições e decisões do Congresso Nacional. (vide aprovação de recursos para a Educação, diálogos com os  movimentos sociais)


As pautas de reinvidicações são diversas , envolvendo questões de mobilidade, meio-ambiente, segurança, educação, saúde, transparência com os gastos públicos entre outros , e aportam para várias direções , tanto institucionais como comunitárias. Transporte Público? De qualidade? Seguro? Confortável? Palavras bonitas que não existem na prática. Praças? Parques pela cidade? Calçadas acessíveis? Palavras bonitas que não existem na prática para a realidade da maioria da população de nossa cidade. Segundo a ONU estamos entre as 5 cidades mais desiguais do mundo, e a 13 mais violenta. 1


Isso me faz lembrar também de Gandhi quando ele diz "Seja a mudança que você deseja para o mundo". Os desafios para o redesenho de uma cidade justa, fraterna e solidária relaciona-se também com nosso compromisso e dedicação para fazer esta pressão política. E desta forma estamos inaugurando novas formas de participação e de vivenciar as cidades.   


Continuemos a ocupar  Fortalezas pelo bem-viver!


* Isabel Sousa - Rede Nacional de Advogad@s Populares, curiosa por dedicação, membro do Conselho Fiscal do Instituto Sinergia. 


________________________








institutosinergiasocial@gmail.com

© 2013 - Instituto Sinergia Social. Todos direitos reservados.